– Olá, amigos e alunos,

– Vamos começar, hoje, a resenhar o Romantismo. É impossível resumir, ou explicar rapidamente o que é romantismo, devido à sua riqueza de temas e de formas. Foi uma escola literária que buscou acima de tudo a liberdade poética, a liberdade de lutar com as palavras, numa época em que o sentido da nação estava ainda se formando.

– No Brasil, segundo os estudiosos da literatura brasileira, os românticos foram os responsáveis por dar o pontapé da nossa literatura. Historiadores da literatura, como por exemplo José Veríssimo, consideram o Romantismo como o marco inicial da História da Literatura Brasileira. Embora o romantismo tenha surgido na Europa, como uma literatura que expressou a revolução francesa, com seu slogan “liberdade, igualdade e fraternidade”; no Brasil representou o surgimento de uma classe, a classe burguesa.

– Por aqui, o romantismo iniciou em 1836, com a publicação do livro Suspiros Poéticos e Saudades, e terminou em 1881, com a publicação da obra Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, inaugurando assim o Realismo. Os principais autores do Romantismo foram José de Alencar, Álvares de Azevedo e Castro Alves.

– Como o Romantismo defendeu sobretudo a liberdade de expressão poética, veremos que cada um desses autores escreveu de maneiras diferentes a sua literatura, expressando à sua maneira o seu ponto de vista sobre o mundo. Nos próximos textos, veremos um pouco mais sobre as características literárias das três fases do Romantismo. Ok? Até a próxima e bons estudos 👊

– Acompanhe o nosso Blog: http://www.linguaportuguesabrasil.wordpress.com

– Insta @profeduardonagai

➡ Curta, espalhe, e compartilhe😎👍
#LinguaPortuguesaBrasil

Anúncios